Meia 92

quarta-feira, 24 de julho de 2024
quarta-feira, 24 de julho de 2024

Cárie inicial: entenda quando começa e como identificar

Girl talking to the dendist. Beautiful lady in the dentist's office. Woman in a uniform

A cárie é um problema comum, mas que pode afetar os dentes e causar incômodo em diversas fases da vida, seja na criança, no adolescente ou no adulto. Para evitar que isso se agrave, é essencial saber identificar a cárie inicial e conhecer seus estágios. O  fundador da OdontoCompany Paulo Zahr, cirurgião dentista e vice-presidente do Grupo OdontoCompany, alerta também sobre o papel de um acompanhamento profissional na prevenção dessa doença.

A cárie é uma doença que começa quando os ácidos produzidos pelas bactérias na nossa boca atacam o esmalte dos dentes. Com o tempo, esses ácidos podem criar buracos, chamados cavidades. Se não tratada, ela pode causar dores intensas, infecções e até mesmo a perda de dentes.

“A cárie inicial, por exemplo, é o primeiro estágio da doença. Por isso, identificá-la nesse estágio é crucial, pois permite um tratamento mais simples e menos invasivo. Inicialmente, ela pode passar despercebida, mas alguns sinais podem ajudar na sua identificação precoce, como manchas brancas e desconforto bucal”, alerta o profissional.

Manchas brancas
As manchas brancas são um dos primeiros sinais e geralmente aparecem como pequenas áreas opacas e podem ser encontradas em qualquer parte do dente. Elas indicam a desmineralização do esmalte dentário, um processo reversível se tratado a tempo.

Desconforto bucal
Você pode sentir sensibilidade ao comer alimentos quentes, frios, doces ou ácidos. Às vezes, isso é acompanhado de uma sensação de dor leve e intermitente.

Assim que os sinais forem identificados, aprimore sua rotina de higiene bucal. Escove os dentes com um creme dental com flúor após cada refeição e use fio dental diariamente. Isso ajuda a remover a placa bacteriana, que contém microrganismos que causam a cárie.

Reduza a ingestão de alimentos ricos em açúcar e amido, pois eles alimentam as bactérias que causam a cárie. Portanto, opte por alimentos saudáveis, como frutas, vegetais e laticínios. O uso do enxaguante bucal com flúor também pode ajudar a fortalecer o esmalte dos dentes e prevenir o avanço da cárie.

“Mesmo se você achar que conseguiu conter a cárie inicial, é fundamental agendar uma consulta com um dentista. Somente um profissional pode avaliar adequadamente a situação, garantir que não haja problemas ocultos e fornecer o tratamento necessário para manter a sua saúde bucal em dia”, diz Paulo Zahr.

Conteúdo Relacionado

Rolar para cima