Meia 92

quarta-feira, 24 de julho de 2024
quarta-feira, 24 de julho de 2024

Levantamento mostra que São Paulo inaugura mais de 400 pizzarias e mantém título de capital nacional da pizza

Istock---Creditos---Flavia-Novais

Segundo o levantamento Mercado de Pizzarias 2023, recentemente divulgado pela Associação Pizzarias Unidas do Brasil (Apubra), que há 21 anos atua no fomento de informações de qualidade e atualizada sobre o mercado de pizzarias, a cidade de São Paulo continua sendo a ‘Capital Nacional da Pizza’, com a abertura de 444 estabelecimentos no último ano. Ao todo, no município, estão situadas 4.407 pizzarias, que representam 13% de toda a operação nacional. E, ainda, dentro do  universo de capitais em todo o país, das 11.694 unidades dispostas, só a capital de São Paulo detém 37,97% delas.

O estudo, que analisa a situação ativa e inativa dos comércios das pizzarias, apresenta um crescimento de 11,55% no setor em todo o Brasil, com 3500 novas unidades. No âmbito regional, a região Sudeste se destaca, com 52%, o estado paulista lidera com 65,2%, seguido por Minas Gerais, com 16%, e Rio de Janeiro, com 15,8%. Apenas no estado de São Paulo, o crescimento foi de 10,37% das operações, o que fortaleceu a concentração de 34,04% de todas as pizzarias ativas do Brasil, com 11.608 unidades. Destas, 1.091 foram inauguradas no estado paulista, sendo 12,6% na capital.

De acordo com Leandro Goulart, presidente da Apubra, esses números de São Paulo demonstram as potencialidades e competitividade da área na região. “Os índices de crescimento de estabelecimentos ativos na capital e do estado paulista confirmam as oportunidades a serem aproveitadas na região, seja para atender a demanda de turismo, grandes eventos ou da própria população paulista, que além de amar pizza, também está sempre em busca de praticidade e novas experiências gastronômicas. No entanto, para ser competitivo, é crucial estabelecer uma estratégia de diferenciação para obter uma boa participação no mercado e investir continuamente na melhoria dos serviços. Temos observado que as pizzarias que se dedicam em melhorar a experiência do cliente alcançam destaque no mercado”, afirma.

Para fomentar o mercado de pizzarias, o presidente ressalta o papel da associação, a fim de fornecer esse apoio na trajetória empreendedora, com capacitações, treinamentos, além da troca com outros profissionais do setor. “O empreendedorismo é uma jornada que abrange diversas atividades e aptidões dos empresários. Entretanto, é essencial buscar suporte com pessoas que já vivenciam essa realidade, além de realizar um networking promissor e assim fortalecer ainda mais o setor”, comenta.

Metodologia

A terceira edição do estudo Mercado de Pizzarias no Brasil tem como intuito mapear aspectos do segmento como distribuição geográfica, concentração de estabelecimentos ativos, porte das empresas, aberturas e fechamentos, a partir do apoio  de especialistas em dados. As informações, que representam, em média, 75% do setor de pizzarias no Brasil, foram extraídas de fontes oficiais do governo, que compreende empresas cadastradas na Receita Federal, em situação ativa, até dezembro de 2023.

Além disso, o estudo segue os critérios estabelecidos na pesquisa qualitativa, realizada diretamente pela Apubra, que como atingiu um número relevante de resultados adotou como critério de pesquisa analisar dados de mercado apenas das empresas autodenominadas como “pizzaria” na Razão Social/Nome Fantasia, com Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) 56, dos seguintes portes: ME, EPP e LTDA.

 

Conteúdo Relacionado

Rolar para cima