Meia 92

quarta-feira, 24 de julho de 2024
quarta-feira, 24 de julho de 2024

Amistoso no Chile termina com a morte de torcedor

amistoso 1

Colo Colo, do Chile, e  Universitário, do Peru, jogaram uma partida amistosa, nesta quarta-feira (26), no estádio Monumental de Santiago, no Chile, com o intuito de se prepararem para as competições que irão ocorrer no segundo semestre. O jogo acabou tendo que ser suspenso aos 18 minutos do segundo tempo, após se iniciar uma briga de torcedores dos dois times nas arquibancadas. As brigas ocorreram dentro e fora do estádio e terminou com uma morte e outras feridas.

Segundo as autoridades chilenas, o torcedor do Colo Colo, Claudio Esteban Maldonado Gamboa, de 40 anos, foi vítima de um ataque de torcedores peruanos antes do início da partida. O torcedor foi cercado nas proximidades do estádio e foi agredido, ele acabou sendo socorrido por policiais e levado ao hospital, mas acabou falecendo.

Na parte de dentro do estádio, após o início do segundo tempo, torcedores chilenos lançaram fogos de artifício em direção aos torcedores do Universitário que estavam na arquibancada visitante. O ataque deixou feridos. Imagens divulgadas nas redes sociais apontam a presença de torcedores da Universidad de Chile, rival do Colo Colo, no setor visitante.

Com a suspensão  da partida, jogadores do Universitario foram ao setor visitante para se juntar aos torcedores do time peruano. Diego Dorregaray, atacante do clube peruano foi detido após ser acusado de agredir 3 seguranças do estádio . Ele acabou sendo levado para a delegacia.

 

Comunicado dos clubes

 

Os perfis dos dois clubes publicaram notas na rede social X (antigo Twitter). O Universitário lamentou o episódio de violência contra a sua torcida, porém não citou a morte do torcedor chileno.

— Lamentamos e rechaçamos profundamente os atos violentos provocados pela torcida local. Em meio à violência, nossos jogadores socorreram uma mãe e seu filho ferido. Demandamos às autoridades chilenas investigações que determinem os responsáveis pelos atos de violência — diz uma parte do comunicado do Universitário.

Por parte do Colo Colo, lamentam a morte do torcedor e se comprometem a auxiliar as autoridades chilenas na identificação dos responsáveis pelos atos de violência.

— O Colo-Colo lamenta profundamente o falecimento de um de seus torcedores, em decorrência de agressões em uma via pública. Estendemos nossas condolências aos seus familiares, amigos e conhecidos. Repudiamos os atos de violência ocorridos durante a partida desta quinta-feira. Como instituição, estamos à disposição das autoridades para colaborar com o que seja necessário para esclarecer os atos no interior do estádio durante a realização da partida — diz o comunicado do Colo-Colo.

Conteúdo Relacionado

Rolar para cima