fbpx

Meia 92

sábado, 13 de abril de 2024

“Tia eh o Caraleo”: a vez dos 50+ no Carnaval de São Paulo

WhatsApp-Image-2024-01-22-at-16.53.09

Bloco participa pela terceira vez do carnaval de rua, representando os foliões com mais de 50 anos. A apresentação é no domingo, 11 de fevereiro, a partir das 14h00, na Vila Anastácio.

 

Grupo de amigos que fundou o bloco – Foto Guilherme Bessa

O bloco Tia Eh o Caraleo participa pela terceira vez do carnaval de São Paulo. Neste ano, a apresentação será no dia 11 de fevereiro, domingo, das 14h00 às 18h00, na Praça Padre Arnaldo s/nº, na Vila Anastácio.

O bloco se apresenta com música ao vivo em um palco fixo (ele não se desloca em percurso pelo bairro), tocando, principalmente, marchinhas e sambas, mas também outros estilos musicais como ijexá, samba reggae e MPB. A banda é formada por músicos profissionais que estão presentes nas principais rodas de samba e choro da cidade: Cidão Prado no cavaco; Diego Duarte no trompete; Claudinho Martins, Franklin Santos e Vagner de Oliveira Gonçalves na percussão. A cantora do grupo é Jacke Carvalho, presença constante nos shows do Ó do Borogodó e no Bar do Baixo, entre outros lugares badalados.

A marchinha do bloco, também batizada de “Tia Eh o Caraleo”, pode ser encontrada no Spotify. Ela foi composta pelo clarinetista Stanley Carvalho, um dos fundadores do bloco. A identidade visual do “Tia”, impressa em camisetas, estandarte e peças de divulgação, é assinada pelo ilustrador e artista gráfico Attilio.

A estreia do bloco em 2020 repercutiu bastante já  que o próprio nome é um grande chamariz e um jeito divertido de abrir espaço na folia da cidade para pessoas com mais de 50 anos que, até então, não tinham grande representatividade no evento. Nas duas vezes que participou do carnaval, ele levou cerca de 500 pessoas para a Pracinha, num clima agradável e familiar, com espaço para foliões de todas as idades brincarem democraticamente.

O bloco Tia Eh o Caraleo foi fundado por um grupo de amigos, todos com mais de 50 anos, e que desde a década de 80, frequenta o carnaval de rua, seja em Olinda, Diamantina, Salvador e agora em São Paulo. O nome surgiu em 2018, quando estes amigos estavam juntos em um bloco nos Jardins, em São Paulo, e uma chuva repentina fez uma das integrantes sacar a sombrinha da bolsa e abrir no meio da multidão. Foi quando um folião aproveitou, veio se abrigar e chamou a namorada: “Vem que a tia é legal!”; imediatamente ela retrucou: “Tia é o caralho”. O pessoal que estava em volta fez coro e começou a gritar este refrão. Tudo dentro do espírito carnavalesco, claro. Foi nesta hora que perceberam que estavam diante de uma oportunidade de dar voz à uma faixa etária que é a bola da vez: 50+!

O bairro escolhido para brincar o carnaval é a Vila Anastácio, na zona oeste da cidade, porque é lá que o grupo de amigos que fundou o bloco se reúne frequentemente, na casa de uma das integrantes, para animadas rodas de samba e choro. O local ajuda, também, a descentralizar o carnaval de São Paulo e expandir seus limites para além do eixo centro-Pinheiros. E, apesar do bloco levantar a bandeira do 50+, ele é aberto a todas as idades e gêneros.

SERVIÇO:

Bloco: Tia eh o Caraleo

Data da apresentação: Dia 11 de fevereiro de 2024, das 14h00 às 18h00

Local: Praça Padre Arnaldo s/nº – Vila Anastácio

Categoria: 50+ (o bloco é aberto a todas as faixas etárias, mas é inclusivo às pessoas com mais de 50 anos que gostam de curtir o carnaval)

Estilo Musical: Marchinha, Samba, MPB, Afoxé, Samba Reggae

Infraestrutura do local:

Palco fixo/Sonorização/ Banheiros/ Fechamento da rua para carros/ Bares e Restaurantes na região/ acesso fácil pela Estação Domingos de Morais, linha 8 da CPTM/ Facilidade de estacionar carros nas ruas próximas ao evento

Expectativa de público: 500 pessoas

Instagram do Bloco: @tiaehocaraleo

 

Conteúdo Relacionado