fbpx

Meia 92

sábado, 18 de maio de 2024

Estudantes de São Paulo se destacam na Olimpíada Brasileira de Matemática

CIDADE MEIA92

Estudantes de Lençóis Paulista, Gavião Peixoto, Monte Alegre do Sul e Pinhalzinho estão entre os vencedores da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). Com medalhas de ouro, prata e bronze, eles alcançaram o reconhecimento em uma das maiores competições de conhecimento de todo o país.

Gabriel Aparecido de Almeida, Gustavo Henrique de Oliveira Olivoto e Lucas Gabriel Silveira, de Pinhalzinho, Edward Pereira e Rafael Rodrigues Nascimento, de Lençóis Paulista, Alexandre de Araújo, de Gavião Peixoto, e Nathan Silva da Costa, de Monte Alegre do Sul, se destacaram ao conquistar as medalhas de bronze e prata na Obmep. De acordo com o supervisor de Ensino da Secretaria Municipal de Educação de Pinhalzinho, Renan de Mello Felix, os resultados são fruto de um esforço coletivo para que a rede municipal de ensino seja capaz de oferecer uma educação cada vez melhor aos estudantes. “Esses bons resultados na Obmep e em outras olimpíadas estaduais e nacionais fazem com que nossos alunos se engajem e alcancem o protagonismo diante da complexidade de suas aprendizagens e dos desafios de nosso tempo”, afirma.

Para ele, são muitos os fatores que contribuem para que essas crianças e jovens tenham bom desempenho mesmo em avaliações tão complexas. “A formação continuada em serviço e o olhar humanizado na prática pedagógica, com infraestrutura tecnológica e investimento na otimização das relações humanas permitiram que atingíssemos resultados melhores. Temos a parceria da Aprende Brasil Educação nesse processo, investindo na formação docente e no acompanhamento didático, pensando a Educação à luz da BNCC nesse reconstruir e inovar para responder às demandas complexas da vida cotidiana”, detalha.

Avaliações nacionais como a Obmep são uma boa maneira de compreender as deficiências e salientar os pontos positivos dos processos de ensino e aprendizagem de municípios. Isso porque colocam à prova habilidades como interpretação de texto, conhecimento dos componentes curriculares e até mesmo equilíbrio emocional. A gerente de marketing e produto da Aprende Brasil Educação, Damila Bonato, lembra que essas competições também desempenham um papel importante para o amadurecimento dos estudantes. “Participar de olimpíadas como essas é muito importante para estimular a competição saudável e incentivar que nossos estudantes busquem conhecimentos para além da sala de aula”, destaca. Ela explica que o mais importante é o desenvolvimento desses estudantes frente às muitas ciências.

Conteúdo Relacionado