fbpx

Meia 92

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Tremor nos olhos pode ser sinal de que a saúde vai mal?

palpebras

Vivemos em um tempo de muita informação, no qual tudo é pra ontem, urgente e é muito difícil controlar o estresse físico e emocional. Um dos problemas que são mais comuns do que imaginamos são os tremores nos olhos. E quando esse sinal começa, as vezes até por semanas antes de desaparecer, muitas pessoas ficam assustadas e pensam até que estão tendo um infarto ou derrame.

Segundo a psiquiatra Dra. Maria Fernanda Caliani, especialista em terapia cognitiva comportamental, você pode ficar tranquilo (a), no geral não é nada grave.

“Esse tremor palpebral se chama Mioquimia Facial. A musculatura da sua pálpebra é altamente recrutada ao longo do dia, porque ficamos de olhos abertos a maior parte do tempo. Com isso, ela é muito sensível à fadiga, fazendo com que ela “trema”.

A médica explica ainda que os tremores palpebrais podem ocorrer em qualquer fase da nossa vida, simplesmente por conta do cansaço dessa musculatura. Mas alguns fatores facilitam e podem estar por trás do seu problema. Entenda:

Sono:  dormir menos que 7 horas por noite não é nada saudável. Dormir pouco aumenta a chance até de morte, pois aumenta risco de câncer, AVC, infarto e etc. E se você sofre com a insônia – busque ajuda médica.

Estresse – ele está por trás de muitos problemas como ansiedade, preocupação, angústia, agitação e as pessoas estressadas têm mais chance de ter o danado do tremor palpebral. Se a ansiedade está atrapalhando sua qualidade de vida, busque ajuda médica.

Excesso de cafeína: para você ter ideia, um expresso tem em média 80mg de cafeína e um café coado 50 mg.É considerado excesso o consumo maior que 250-300 mg ao dia. Se você consome muita cafeína – não precisa zerar, mas reduza.

“Esses são os principais fatores. Mas muito tempo na frente do computador, TV e celular pode também ser um fator envolvido. Reduzir o tempo de tela e utilizar fontes maiores e luminosidade da tela mais confortável pode ser útil”, ressalta Dra. Maria Fernanda.

Mas a psiquiatra alerta que se a contração do músculo for forte a ponto de fazer o olho se fechar, ou seja, induzir a piscadas involuntárias ( ou se junto com o tremor na pálpebra ocorre alguma contração da musculatura do rosto do mesmo lado), a pessoa pode estar com Blefaroespasmo e o Espasmohemifacial, que precisam ser  investigadas.

 

Conteúdo Relacionado