fbpx

Meia 92

sábado, 18 de maio de 2024

Museu Botafogo apresenta escultura de Garrincha, Farol da Estrela Solitária e anuncia início das obras

bota 1

Em evento na próxima terça-feira, 25, às 17, Clube também apresenta campanha de crowdfunding com a torcida, que poderá eternizar seu nome em uma Estrela no futuro Museu

O Botafogo de Futebol e Regatas e a MUDE Brasil anunciam que as obras em General Severiano, sede do Clube, para a instalação do Museu Botafogo começam em Setembro. O museu terá uma área total de 1.500m² e sua primeira fase, que ocupará o foyer e o salão principal, será entregue em Agosto de 2024.

Enquanto esperam pelo Museu, os alvinegros poderão ver novidades no jardim do palacete neocolonial já a partir da próxima terça-feira, dia 25. A escultura “O Drible de um Anjo”, homenagem ao grande ídolo Garrincha, e “A Estrela que nos conduz”, um farol de 27 metros que promete impactar o público eternizando no céu do Rio de Janeiro a Estrela Solitária.

Um evento na sede de General Severiano na próxima terça-feira, 25, às 17h, irá marcar a apresentação da escultura e do farol, e também irá revelar alguns ilustres botafoguenses que já contribuíram com o projeto e tornaram-se Mantenedores do Museu Botafogo.

A escultura de Garrincha será revelada e receberá os visitantes na entrada de General Severiano – Divulgação/MUDE Brasil

“Quando firmamos a parceria com a MUDE e começamos a desenvolver o projeto do Museu Botafogo, assumimos uma responsabilidade com os botafoguenses: honrar a história e projetar o futuro do Clube com um equipamento cultural e turístico do mais alto nível. A escultura de Garrincha e esse novo marco na cidade do Rio de Janeiro, nossa Estrela Solitária, são o pontapé inicial para a realização desse sonho” – afirma Durcesio Mello, Presidente do Botafogo de Futebol e Regatas.
A escultura de Garrincha é um projeto desenvolvido pelo Botafogo e pela MUDE, com desenho original do arquiteto Daniel Brandimarte e execução a cargo do artista plástico Glauco Bernardi. Ficará na área externa do Museu e faz uma alusão ao “anjo das pernas tortas”, uma das formas como Mané era chamado. Também no jardim, poderá ser visto o farol que, do alto de seus 24 metros, fará brilhar a Estrela Solitária no céu de Botafogo.

O céu de Botafogo será iluminado pela Estrela Solitária – Divulgação/MUDE Brasil

“Estamos há mais de um ano trabalhando no conceito, no conteúdo, projetos executivos, licenças e orçamentos para garantir um espaço museológico à altura das tradições do Botafogo. Espaço este que não vai apenas reconhecer a importância do Botafogo no futebol e em outros esportes, mas irá principalmente nos lembrar como a história do Clube e da cidade do Rio de Janeiro estão interligadas” – afirma Ricardo Macieira, Arquiteto Coordenador e Curador do Museu Botafogo; ex-Secretário Municipal de Cultura do Rio.
Sua estrela na constelação do Museu Botafogo
Os torcedores também poderão se engajar no projeto da construção do Museu através de uma campanha de crowdfunding, que será lançada no dia 12 de Agosto, data que marca o aniversário do Clube. Quem contribuir com o maior valor de doação poderá ter uma estrela com seu nome (ou de outra pessoa) eternizada no Museu Botafogo.

A campanha #UmaNovaHistoria quer incorporar o sentimento da torcida com o momento especial do Botafogo e convidar os alvinegros a participarem da construção de um novo futuro.

O crowdfunding está sob coordenação da Benfeitoria, que há mais de dez anos realiza com grande sucesso ações deste tipo. Toda a renda arrecadada com a contribuição dos botafoguenses será investida na implementação do Museu Botafogo. Sócios do Clube e Sócios Torcedores terão ainda alguns benefícios adicionais ao se engajarem no projeto.
O Museu Botafogo é fruto da parceria firmada entre o Clube e a MUDE, empresa que já concebeu e implementou 15 museus em sete países, entre eles os do River Plate, Benfica, Juventus, Wembley Stadium e o Museu da Conmebol. Com este empreendimento, o Botafogo quer alçar General Severiano ao patamar dos grandes museus de clubes do mundo. O investimento total no projeto será de 18 milhões de reais, sendo 10 milhões relativos à primeira fase, a ser inaugurada no ano que vem. No projeto, há também a previsão de um restaurante no terraço do futuro museu – o Clube já negocia com potenciais interessados.

“É uma nova história que começa para o Botafogo e temos certeza de que o Museu será um ícone desse momento. General Severiano irá reviver seus dias de glória. A torcida alvinegra e o Rio de Janeiro merecem um equipamento com essa importância” – afirma Marcelo Fernandes, CEO da MUDE Brasil.

 Abrangendo no projeto museográfico 13 áreas temáticas, experiências audiovisuais imersivas e atrações interativas, o Museu Botafogo tem até o momento o patrocínio da TIM, Grupo Cataratas, Trem do Corcovado, com apoio das Secretarias Estadual e Municipal de Cultura. Contará a história dos maiores ídolos e glórias do Botafogo de Futebol e Regatas, sem esquecer do amor e da superstição que definem tão bem a relação com sua torcida.

 

Conteúdo Relacionado