fbpx

Meia 92

sábado, 24 de fevereiro de 2024

Homens também podem ter varizes. Confira quatro dicas para preveni-las

varizes

Quando se fala em varizes é normal que as pessoas liguem o problema exclusivamente ao público feminino. Tanto é verdade que a maioria dos produtos oferecidos para combater a dilatação das veias, tais como meias ou cremes, miram as mulheres. No entanto, aproveitando que estamos próximo do Dia do Homem (15 de julho), o Dr. Márcio Steinbruch, cirurgião vascular e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV), alerta que as varizes também afetam pessoas do sexo masculino. Segundo dados da entidade, 30% dos homens brasileiros apresentam dilatações nas veias, principalmente nas pernas e nos pés.

As varizes podem surgir pelos mais variados motivos, seja fator genético, excesso de peso ou hábitos que prejudicam a circulação sanguínea, como ficar muito tempo em pé ou sentado. O cirurgião também explicou que os incômodos causados pelas varizes vão além das questões estéticas. “Essas dilatações podem provocar coceira, dor, inchaço, sensibilidade e, em casos mais graves, até trombose. Por isso, a prevenção e o tratamento precoce são tão importantes”, continuou o Dr. Márcio.

Para que menos pessoas, inclusive homens, sofram com tal problema, o especialista listou quatro dicas para preveni-lo ou amenizá-lo. Veja:

Cuidado com a alimentação e o peso

A obesidade não pode ser encarada como uma “afronta” ao padrão de beleza estipulado pela sociedade, mas deve ser evitada por questões de saúde. “Quanto maior for o excesso de peso, mais chances de surgir varizes”, explicou o cirurgião.

Além disso, ele também alertou sobre a importância da escolha de alimentos. “Insira produtos ricos em fibras para o seu cardápio e diminua as chances de constipação intestinal, disfunção que também colabora para a dilatação das veias dos membros inferiores”, continuou.

Não permanecer muito tempo em pé ou sentado

Dr. Márcio Steinbruch também chamou a atenção para hábitos, que muitas vezes parecem inofensivos, mas que podem causar um grande mal à saúde.

“Se você trabalha o dia inteiro em frente a um computador, sentado, tire alguns minutos do dia para fazer uma pequena caminhada durante a sua jornada. Caso o seu trabalho seja realizado em pé, também é necessário que encontre uma cadeira para se sentar de vez em quando”.

Faça exercícios físicos

A realização contínua de atividades físicas mantém a circulação sanguínea em dia e colabora para a prevenção das varizes. “O ideal é que, pelo menos, três vezes por semana, meia hora por dia, as pessoas se exercitem. Mas sempre com o acompanhamento de um profissional de educação física, pois uma atividade malfeita pode causar uma lesão ou agravar ainda mais a situação”, argumentou Dr. Márcio.

Consulte um médico

Por fim, o cirurgião afirmou que, ao aparecer os primeiros sintomas, a pessoa deve procurar um médico vascular imediatamente. “Um tratamento assertivo e precoce pode impedir que as dilatações evoluam e se tornem irreversíveis”, concluiu o especialista.

 

Conteúdo Relacionado