fbpx

Meia 92

sábado, 2 de março de 2024

Fipan 2023 promete superar todas as demais edições

4c20afff-0a3a-48e9-8c3e-b128699bf1f4

Com um público gigantesco e uma alta expectativa por parte do setor de panificação, a edição da  Fipan (Feira Internacional da Panificação) começou no dia 25 de julho, na cidade de São Paulo, com uma promessa de ser maior do que todas as edições anteriores.

Com uma área de 42 mil m² e cerca de 390 expositores, a Fipan 2023 apresenta o que há de melhor e mais moderno no Brasil e no mundo  para os panificadores e para as padarias, como oportunidade de negócios, equipamentos, maquinários, matérias primas, ingredientes e acessórios, além de uma rica programação de conteúdo.

Durante a abertura da Feira, que aconteceu no dia 25,  o presidente do Sampapão, Rui Gonçalves, destacou entre as atrações, a Arena do Padeiro. Essa seção elegerá o padeiro que representará o Brasil no Congresso Mundial de Melhor Padeiro do Mundo. Gonçalves mencionou também a Fipan Pizza, que mandará uma pessoa para a Itália para o torneio de melhor pizzaiolo do mundo. “Essa feira é motivo de muito orgulho para nós porque ela recebe pessoas de todo o Brasil com o maior carinho e apreço”, afirmou Gonçalves.

Aline, Rui, Tarcísio, Dep. Antonio Carlos e Günther Koerffer

Além de empresários, chefs, confeiteiros e  visitantes interessados no setor, a Fipan recebeu algumas personalidades proeminentes do cenário político.  Já no dia da abertura, o governador do estado de São Paulo, Tarcisio de Freitas, falou sobre o segmento e grandiosidade da feira, além de brincar que foi ao local para experimentar as  delícias apresentadas pelos expositores.

Freitas afirmou que deve ser um orgulho para o segmento saber que existem mais de 11 mil padarias que geram aproximadamente seis mil empregos só na capital e mais de 500 mil indiretos no estado. O governador fez algumas observações sobre a história desse alimento tão presente na mesa dos brasileiros e ressaltou que “a panificação é um setor importante e dinâmico e que nos enche de orgulho por ter se incorporado tão bem à nossa sociedade. Tanto as padarias de grande porte como as pequenas são muito importantes para nós e estão aí em sua diversidade para todos os gostos”, finalizou o governador.

 Aline Cardozo, Secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura de São Paulo, mencionou as mulheres presentes no setor, como empreendedoras, trabalhadoras e consumidoras desse segmento. Aline também lembrou do apoio que o segmento tem recebido da Prefeitura, por meio da qualificação profissional, como o projeto observatório da gastronomia. Foram 33 mil pessoas qualificadas desde o início da iniciativa até então.

Outras figuras que marcaram presença na Fipan foram o Deputado Federal Antonio Carlos Rodrigues, Paulo Meneguelli, presidente da Abip (Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria) e Günther Koerffer, presidente da UIBC (União Internacional de Padeiros e Confeiteiros em português)

.Além de presidir a instituição, Koerffer preparou o casamento da princesa sueca Victoria e do príncipe Daniel, um bolo de 15 andares , com 3,60 m de altura e 600 kg de peso. Esse foi o bolo de casamento real mais alto do mundo. Para Koerffer, estar na Fipan é motivo de muita alegria. “Fiquei muito feliz de receber o convite do Rui para participar desse evento. O Brasil e os países da América Látina são os países mais fortes da UIBC”, finalizou.

Após a abertura solene, o governador passeou pela Feira com o presidente do Sindicato, Rui Gonçalves e as demais autoridades.

Matéria e fotos – Wagner Maciel

Conteúdo Relacionado