fbpx

Meia 92

sábado, 24 de fevereiro de 2024

Tampinha Legal recebe mais de cinco toneladas de tampas plásticas em um único dia

WhatsApp-Image-2023-05-31-at-17.26.59

O programa encerrou o mês de maio com chave de ouro e, no Rio Grande do Sul, as

arrecadações de 2023 já ultrapassaram os números do ano passado

O Tampinha Legal, maior programa socioambiental de caráter educativo em economia circular de iniciativa da indústria de transformação do plástico da América Latina tem apresentado resultados promissores e cada vez maiores. Na última terça-feira (30) recebeu, em um único dia, mais de cinco toneladas de tampas plásticas, entregues por três entidades assistenciais diferentes, totalizando mais de R$16 mil reais.

De acordo com Simara Souza, Gerente do Instituto SustenPlást, este tem sido um ano de bons resultados para o programa, algo que é facilmente notado através dos números. “Estamos finalizando o quinto mês de 2023 e já ultrapassamos o número de entregas feitas em 2022 no Rio Grande do Sul. O programa tem ganhado cada vez mais visibilidade, provando que mudanças de comportamento são possíveis e geram resultados a longo prazo. Nossos números refletem uma nova realidade, onde as pessoas assumem a própria responsabilidade enquanto cidadãos e compreendem a importância do seu protagonismo neste ciclo econômico. ”, destacou. 

O programa já ultrapassou mil toneladas de tampas plásticas ao longo dos seis anos de atuação. O volume equivale a mais de R$ 2,8 milhões de reais, que foram destinados integralmente às 326 entidades assistenciais participantes. O “tampômetro”, contador exposto no site e no app do Tampinha Legal, informa 638.140.424 milhões de unidades de tampas plásticas. O Tampinha Legal conta com 3.220 pontos de coleta, distribuídos pelos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, São Paulo, Alagoas, Pernambuco, Goiás, Distrito Federal e Bahia.

Participam do programa entidades assistenciais do terceiro setor devidamente regularizadas como Apaes, Ligas Femininas, escolas, ONG’s, asilos, associações, hospitais, etc. Com os recursos obtidos através do Tampinha Legal, as entidades assistenciais podem adquirir medicamentos, alimentos, equipamentos, ração animal e/ou materiais escolares, bem como custear tratamentos e exames de saúde humana e animal, melhorias em suas sedes, entre outras ações.

O Tampinha Legal

O Tampinha Legal é realização do Instituto SustenPlást com o apoio do Movimento Plástico Transforma. Através de ações modificadoras de comportamento de massa, aumenta os níveis de esclarecimento quanto ao material plástico e seu destino adequado, promovendo que a economia circular ocorra na prática.

Todos os segmentos da sociedade são convidados a recolher tampas plásticas e destiná-las para entidades assistenciais cadastradas no Tampinha Legal que busca a melhor valorização de mercado para o material. Os valores obtidos são destinados integralmente para as entidades assistenciais participantes sem rateios de material ou repasses de valores. O programa não recebe comissões e/ou gratificações sobre o material coletado. Em 2022 ultrapassou R$ 2,5 milhões de reais destinados 100% para as entidades assistenciais participantes.

Recentemente, lançou no Núcleo Porto Alegre/RS, o Copinho Legal que, seguindo o modelo do Tampinha Legal, destina os recursos obtidos com a venda dos descartáveis plásticos (copos, pratos e talheres) para as entidades assistenciais participantes. O Tampinha Legal atua no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, São Paulo, Alagoas, Pernambuco, Goiás, Distrito Federal e Bahia.

Em Porto Alegre, o Tampinha Legal conta com o apoio estratégico da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais da FIERGS. Além do aplicativo (Android e iOS) e site (tampinhalegal.com.br), onde pode-se localizar várias informações tais como os pontos de coleta mais próximos, entidades assistenciais e empresas participantes, etc. Também é possível acompanhar o Tampinha Legal por redes sociais, como YouTube, LinkedIn, Twitter, Instagram, Facebook e TikTok.

Conteúdo Relacionado