fbpx

Meia 92

sábado, 2 de março de 2024

Saiba quais cuidados tomar ao oferecer a fruta ao seu pet

PETS MEIA92

Saudável para os humanos, a maçã também traz inúmeros benefícios à saúde do seu pet, mas é importante que os tutores estejam atentos a alguns cuidados. A fruta é rica em nutrientes como fibras, vitaminas e antioxidantes, contribuindo para a saúde intestinal, cardiovascular e imunológica dos cães.

A maçã pode servir como um petisco natural e oferece vitaminas A e C, além de auxiliar no controle glicêmico adequado e na saúde intestinal. Especialista em nutrição de cães e gatos, a médica veterinária da Special Dog Company, Viviane Priscila Moura, alerta que a fruta deve ser oferecida sem semente, pois ela contém “amigadalina”, substância que libera cianeto, sendo extremamente tóxica. “A maçã pode ser oferecida crua, com ou sem casca. O tutor também pode fazer um sorvete misturando maçã e água no liquidificador, promovendo o enriquecimento ambiental”, explica.

Apesar de ser considerada um petisco saudável para cães, a maçã não pode ser oferecida como única fonte de alimentação. A veterinária alerta, também, que a quantidade oferecida não deve ultrapassar 10% da necessidade energética do animal. Em excesso, a maçã  – assim como outros tipos de petiscos  – pode levar ao desequilíbrio da dieta principal do cão, além de obesidade e outras doenças relacionadas ao ganho de peso.

O bagaço da maçã é bastante utilizado pela indústria de alimentos para cães e gatos, ou seja, é possível encontrar rações e petiscos com a inclusão desse ingrediente, chamado de ingrediente funcional. Ele pode ser considerado uma fonte de fibra fermentável, produz ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) que auxiliam na saúde intestinal de cães”, conclui.

Conteúdo Relacionado