fbpx

Meia 92

sábado, 24 de fevereiro de 2024

Doenças respiratórias aumentam com a queda nas temperaturas e o tempo seco

OIP

Saiba como diferenciar rinite, sinusite, gripe e Covid-19

Com a chegada do outono, o mês de maio é marcado pela queda nas temperaturas, tempo mais seco, maior amplitude térmica e pelo aumento dos problemas respiratórios. “Doenças como gripe, Covid-19, rinite e sinusite podem ser confundidas devido à similaridade de alguns dos seus sintomas. Muitas pessoas deixam de procurar atendimento médico e acabam se automedicando de forma inadequada por não saber o seu diagnóstico”, afirma a infectologista Andrea Almeida, do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe).

Todas essas condições têm em comum sintomas respiratórios como tosse, coriza e nariz entupido. “É fundamental procurar ajuda profissional principalmente quando houver piora de sintomas como febre e fadiga e a secreção mudar de cor para amarela ou verde, pois podem ser sinais de complicações e até de hipóxia, que é a baixa concentração de oxigênio no sangue”, explica Andrea.

É importante saber diferenciar as doenças para que o tratamento correto possa ser administrado, lembrando que o uso de medicamentos não deve ser feito sem orientação médica. Entenda as principais características e diferenças entre a gripe, Covid-19, rinite e sinusite:

Rinite

A rinite é uma condição inflamatória nasal que pode ser causada por alergias ou infecções virais. Os sintomas incluem nariz entupido, coceira nasal, coriza e espirros. A rinite alérgica pode ser tratada com anti-histamínicos e lavagem nasal com soro fisiológico, além de controle ambiental dos alérgenos. A rinite viral geralmente desaparece por conta própria em alguns dias.

Sinusite

Já a sinusite é uma inflamação dos seios nasais que pode ser causada por infecções bacterianas ou virais. Os sintomas incluem dor de cabeça, dor facial, nariz entupido, coriza e febre. A sinusite bacteriana pode ser tratada com antibióticos, enquanto a sinusite viral geralmente desaparece por conta própria. Medicamentos podem ser utilizados para aliviar os sintomas e a drenagem das secreções.

Gripe

A gripe, ou influenza, é causada pelo vírus da gripe, que possui centenas de mutações e é uma doença respiratória sazonal. Os sintomas incluem febre, dores musculares, dor de garganta, dor de cabeça, nariz escorrendo e fadiga, muitas vezes acompanhada de tosse inicialmente seca e depois com secreção. Alguns pacientes podem apresentar quadros de vômitos e diarréia, mas esses sintomas costumam ser mais comuns em crianças. A gripe pode ser tratada com antivirais, analgésicos e pode ser prevenida principalmente por meio de vacinação anual.

Covid-19

A Covid-19 é uma doença infecciosa altamente contagiosa, causada pelo vírus SARS-CoV-2, que pode variar de leve a grave e que pode levar à morte. Os sintomas mais comuns incluem dor de garganta, febre, dor de cabeça e dor no corpo. Outros sinais são fadiga, coriza, perda do paladar, do olfato e dificuldade para respirar. O diagnóstico pode ser feito por exame clínico e por testes de laboratório e farmácia com amostras colhidas no nariz ou boca.

O tratamento varia de acordo com a gravidade e pode incluir repouso, hidratação, analgésicos e cuidados intensivos e hospitalares, assim como o uso de medicamentos antivirais em casos mais graves. A melhor maneira de prevenir a doença é por meio do esquema de vacinação, uso de máscara e distanciamento social.

Dicas para evitar as doenças respiratórias no outono:

  • Mantenha os ambientes arejados;
  • Hidrate-se com freqüência;
  • Mantenha as mãos higienizadas;
  • Evite aglomerações;
  • Evite ambientes com poeira, fumaça e outros alérgenos;
  • Mantenha seu calendário vacinal em dia;
  • Evite fumar;
  • Umedeça o ambiente com umidificadores ou baldes com água;
  • Mantenha uma alimentação saudável, sono adequado e atividades físicas.

Conteúdo Relacionado