fbpx

Meia 92

sexta-feira, 1 de março de 2024

5 passos para uma arquitetura de soluções completa efetiva

Crédito Canva

Ser uma empresa competitiva no mercado de trabalho não é uma tarefa simples, é necessário se manter atualizada e atenta para qualquer situação que possa dificultar a realização de seu escopo. Além disso, detectar e solucionar os problemas nem sempre é rápido e assertivo, a busca por especialistas é fundamental para trilhar um caminho de sucesso.

Pensando nisso, a Avivatec, uma consultoria de tecnologia e inovação com expertise em negócios, separou cinco dicas para a criação de uma arquitetura de soluções efetiva por meio de seu Vice-Presidente de Tecnologia, Ariel Salles, para que sua empresa possa identificar e trabalhar na resolução de eventuais barreiras que possam surgir.

Confira:

  1. Entenda as necessidades e o ambiente de negócios.

    Como primeiro passo rumo à construção da solução, é importante uma análise aprofundada do ambiente de negócios, os objetivos e requisitos que a arquitetura deverá atender em termos de funcionalidades, desempenho, segurança e escalabilidade. Além dos requisitos de negócios, neste ponto é muito importante considerar os recursos, cronograma e eventuais restrições para viabilidade do projeto.

  2. Projete um design que seja modular e escalável.

    Uma boa arquitetura de solução permite que novos componentes e integração  com demais recursos possam ser adicionados ou removidos sem muito custo e complexidade, otimizando a manutenção dos componentes e o time que manterá a arquitetura. A escolha da arquitetura vai depender dos requisitos de negócio, propósito da solução e conhecimento do time que atuará no desenvolvimento do projeto, entre os modelos arquiteturais mais utilizados, destaca-se: arquitetura orientada a serviços, micro serviços e modelos em camadas.

  3. Defina as tecnologias adequadas.

    Uma arquitetura de soluções bem projetada passa pela escolha correta das tecnologias, busque por tecnologias e ferramentas que possuam suporte de seus mantenedores, uma comunidade ativa e que estejam alinhadas com os requisitos propostos para a solução, a correta escolha das tecnologias é crucial para a evolução da arquitetura, considere além dos pontos mencionados, o conhecimento da equipe que atuará no desenvolvimento da solução.

  4. Atente-se a segurança e qualidade da solução.

    Considere investir esforços para garantir que a arquitetura proposta atenda os requisitos de segurança propostos e minimize potenciais ameaças. Cabe destacar aqui a implementação de boas práticas como, utilização de testes automatizados dependendo do cenário, esta abordagem vai ajudar a minimizar falhas nos componentes da arquitetura e minimizar eventuais problemas quando a  solução estiver no ar. Práticas como DevOps e DevSecOps são essenciais para minimizar falhas e mitigar vulnerabilidades.

  5. Documente a solução.

    Documentar a arquitetura permitirá sua evolução e facilitará o entendimento dos requisitos e estrutura para as partes envolvidas.

Conteúdo Relacionado