fbpx

Meia 92

sábado, 18 de maio de 2024

Desmistificando o investimento coletivo: 5 motivos para conhecer o equity crowdfunding

Divulgação

Segundo informações divulgadas pela Assessoria de Análise Econômica e Gestão de Riscos (ASA), o equity crowdfunding arrecadou mais de R$ 210 milhões em 2022, o que representa 61% a mais do que os R$ 130 milhões em 2021. A modalidade regulamentada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que também é conhecida como investimento coletivo para startups que desejam alavancar os seus negócios, ainda teve um crescimento de 36% de rodadas, que foram intermediadas por uma média de 57 plataformas regulamentadas pelo órgão.

“Ao investir via equity crowdfunding você está investindo seu capital em troca de participação societária de uma empresa com alto potencial de crescimento. Por enquanto, esse ativo não tem liquidez como uma bolsa de investimento, contudo, os retornos podem ser exponenciais. Essa modalidade de investimento tem ganhado muito espaço no mercado e conquistado empreendedores e investidores, o crowdfunding democratiza o acesso ao investimento em startups”, diz Henrique Galvani, COO e co-fundador da Arara Seed, que é uma plataforma regulamentada sendo o primeiro equity crowdfunding voltado para o setor do agronegócio.

Pensando em desmistificar o formato de investimento coletivo, o executivo listou as principais vantagens da iniciativa. Confira abaixo:

 

  • Contribuir com a nova economia 

Diferentemente de investir na bolsa de valores, em que é possível aplicar em grandes empresas, o equity crowdfunding proporciona a experiência de poder contribuir com a nova economia, sendo elas empresas de pequeno e médio porte, mas com alto potencial de crescimento. “A proposta do investimento coletivo é ter uma plataforma responsável por identificar soluções inovadoras e escaláveis a fim de conectá-las a potenciais investidores. Dessa forma, impulsionando o desenvolvimento de novos negócios, que além de gerar novas oportunidades de trabalho, também está disposto a solucionar problemas da sociedade”, explica Galvani.

 

  • Co-investimento com investidores profissionais

As rodadas de investimentos via equity crowdfunding podem contar com o apoio do investidor líder, que desempenha um papel fundamental antes e após a rodada. Além do capital financeiro, essa figura também pode agregar em termos de conexões, expertise de mercado, atuação no conselho, bem como apoiador da próxima rodada de captação. Desta maneira, acontece uma diluição dos riscos para os investidores. “Além da possibilidade de co-investir com investidores experientes, uma das vantagens dessa iniciativa é a acessibilidade dos cheques, sendo possível investir a partir de R$ 1.000”, pontua o COO.

 

  • Diversificação do portfólio 

Ao diversificar a sua carteira de investimentos, você tem mais chances de minimizar os riscos e maximizar os retornos. Isso porque quando você investe todo o seu capital em um único ativo, tem a chance de ter tanto ganhos quanto perdas relevantes. Ou seja, você pode multiplicar seu capital ou afetar totalmente o seu patrimônio. “Ao compor sua carteira com ativos diferentes, existe um maior equilíbrio e você não precisa simplesmente “apostar no 8 ou 80”, investimentos de alto risco devem compor apenas uma parcela de sua carteira de investimentos”, reforça Galvani.

 

  • Retornos exponenciais 

Além da possibilidade de diversificação da carteira de investimentos, o crowdfunding também possibilita aos investidores acesso a investimentos em estágios iniciais, que potencialmente podem oferecer retornos mais altos do que os investimentos mais maduros. “Aqui, na Arara Seed, proporcionamos aos investidores a oportunidade de investir em agtechs e foodtechs inovadoras que não têm acesso ao capital por meios tradicionais de financiamento. O crowdfunding é a inovação em investimentos”, revela o executivo.

 

  • Relacionamento com Investidores

O relacionamento entre startups e investidores é algo primordial no pós-investimento, podendo variar de acordo com o tamanho e estágio da startup, bem como seu nível de governança. “Comunicações claras e transparentes auxiliam no alinhamento das expectativas e objetivos dos investidores. As plataformas de equity crowdfunding são responsáveis por garantir que as informações chegam aos investidores, conforme alinhado previamente no contrato”, finaliza o COO.

Conteúdo Relacionado