fbpx

Meia 92

terça-feira, 25 de junho de 2024

Como cuidar da pele do pet na mudança de estação

Crédito Freepik

Para os pets, as estações de transição significam troca de pelagem. São nestes meses transacionais do outono que os pelos levinhos do verão dão lugar à pelagem mais densa e protetora do inverno, e o oposto ocorre durante a primavera. Embora seja um processo natural, a troca de pelos também pode deixar a pele mais sensível e vulnerável à instabilidade climática, característica das estações de transição em que os dias são quentes e as noites frias.

A pele é o maior órgão dos cães e dos gatos, e atua como uma barreira protetora de órgãos e outros tecidos contra agentes químicos, físicos e microbiológicos (ácaros, fungos, bactérias e vírus).  Quando ocorrem alterações nessa barreira natural, como por exemplo, o ressecamento causado pela constante troca de temperatura ambiente, alguns problemas dermatológicos podem surgir.

“Com a pele já fragilizada pela queda de pelos e a mudança de clima, é possível que o pet desenvolva coceira, vermelhidão e até mesmo algumas lesões que possam servir como porta de entrada para bactérias e outros microrganismos patológicos”, conta Fernanda Ambrosino, médica-veterinária gerente de produtos pet da Ceva Saúde Animal. “Os cuidados com a pele do pet são importantes durante o ano todo, e precisam de maior atenção para que o pet passe pelas estações de transição de forma saudável”, conta.

Para auxiliar o tutor neste momento, Fernanda cita as duas ações mais importantes para manter a saúde dermatológica dos pets neste período:

1 – Escovação dos pelos

“A troca de pelos é um processo essencial para os animais, sendo mais evidente em uns do que em outros, e uma forma de auxiliar os pets a passarem por este processo é aumentar a frequência das escovações. A escovação ajuda a retirar os pelos que já estão mortos, estimula o crescimento dos novos pelos, evita que os pelos se embolem e retira sujidades que possam estar entremeadas aos fios. Além disso, é um momento de relaxamento e conexão entre o pet e o tutor”, Fernanda explica.

O ato de escovar os pets também estimula a hidratação natural dos pelos e massageia levemente a pele, promovendo sensação de relaxamento e bem-estar ao animal. A frequência da escovação varia de acordo com a pelagem e da tolerância do pet ao procedimento, e normalmente os pets de pelos longos precisam ser escovados com uma frequência maior do que os pets com pelagem curta. O recomendado é escovar ao menos 3 vezes por semana e, para realizar o procedimento, utilizar sempre escovas ou luvas específicas para os animais.

2 – Hidratação dos pelos e da pele

Para muita gente, hidratar os pelos e a pele dos animais de estimação aparenta ser algo supérfluo ou desnecessário, mas Fernanda explica que também é de grande importância para que os pets tenham uma pele saudável. “Pelos opacos podem ser reflexo de uma pele ressecada, frágil e ineficiente na proteção contra a proliferação de bactérias ou ação de agentes potencialmente alérgenos ao animal.  Hidratar os pelos e a pele é fornecer ativos necessários para a nutrição adequada do microbioma cutâneo, por meio de hidratantes ou emulsões, o que ajuda no fortalecimento da barreira protetora natural do pet. Esse cuidado precisa ser intensificado nas estações de transição”.

Os resultados visíveis da hidratação dos pelos e da pele do pet são pelos mais sedosos e brilhantes, que trazem um aspecto mais saudável ao animal, mas os benefícios vão além da estética. Se o animalzinho já tem uma rotina de cuidado e hidratação com a pele, vale a pena conversar com o médico-veterinário responsável para verificar se existe necessidade de encurtar o intervalo entre as hidratações ou realizar mudanças no shampoo ou hidratante.

“Se o pet já tem uma tendência a apresentar problemas de pele, como as dermatites, é esperado que as crises alérgicas se intensifiquem neste período. Por isso, investir em uma hidratação profunda que cuide da pele sensível é a melhor estratégia para manter a barreira cutânea. Shampoos e mouses que possuam o ingrediente natural Ophytrium em sua formulação são altamente indicados para estes casos, pois auxiliam na proteção da pele”, finaliza.

Cuidar da pele é importante em todos os momentos, além de ser uma ótima oportunidade para aproximar pets e tutores. Com as novas tecnologias disponíveis no mercado pet, é possível transformar estas ocasiões em momentos de carinho e relaxamento importante para pets e humanos.

Conteúdo Relacionado