fbpx

Meia 92

sexta-feira, 14 de junho de 2024

Suplementos são aliados do bem-estar sexual das mulheres

unnamed (1)

A mulher pode atravessar épocas na qual o seu apetite sexual esteja muito baixo. A prática de atividade física, alimentação adequada e suplementação podem ajudar a reverter o problema

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que a saúde sexual é um dos estados de bem-estar relacionados à sexualidade. Sendo esses: físico, mental e social. De fato, o lado emocional é um dos fatores mais decisivos na origem do diagnóstico de baixa libido. Ainda assim, existem fatores físicos como alimentação, medicamentos, métodos contraceptivos e outros que não conhecemos tão bem.

A prática de exercício físico de forma regular é capaz de melhorar o condicionamento, a disposição e a autoestima da mulher. Outro ponto positivo é que durante o período da atividade o corpo da mulher libera hormônios como a adrenalina, noradrenalina e endorfinas que oferecem energia, prazer e bem estar. Isso gera uma sensação que aumenta a libido feminina o que, consequentemente, torna o sexo mais prazeroso.

Um cardápio com alimentos considerados afrodisíacos como pimenta, açafrão, gengibre e ginseng, também pode influenciar de forma positiva a saúde sexual. Você pode consumir estes alimentos diariamente de acordo com a tolerância e aproveitar.

Alguns nutrientes como zinco presente em frutos do mar, oleaginosas, a vitamina A na gema de ovo, manteiga, queijos curados, fontes de carotenos da cenoura, abóbora, manga, pimentão, Vitamina B6 em oleaginosas, magnésio folhas verdes escuras, sementes, aveia e boro presente em diversas frutas são essenciais para a produção hormonal.

O sol também é um grande aliado nesse quesito. A exposição no início da manhã e no final da tarde, após as 16h, aumenta a absorção de vitamina D, que fortalece o sistema imunológico e os ossos. Além disso, ela também traz benefícios para a saúde sexual porque aumenta a produção hormonal e também melhora a auto estima da mulher.

O conhecimento do próprio corpo também é muito importante para que as mulheres tenham uma vida sexual ativa e saudável. Uma boa relação com o parceiro ajuda muito a mulher a ser mais ativa, com maior interesse pelo contato, pois quando as mesmas estão felizes e satisfeitas com o relacionamento, a saúde sexual fica mais equilibrada.

Suplementos para aumentar a libido 

Se alimentar corretamente, com alimentos naturais e saudáveis, ainda é a melhor alternativa para manter sua saúde em dia e ativar a libido. Porém, nem sempre os alimentos serão capazes de repor os nutrientes que o corpo humano precisa, para aumentar o desejo feminino.

“A suplementação equilibrada em quantidade e qualidade, garante ao organismo todos os nutrientes necessários, podendo aliviar os sintomas indesejáveis e até mesmo dar mais disposição para mulher. O desejo feminino é composto por muitos elementos, mas a prática de exercício, a alimentação balanceada e a suplementação correta vai gerar uma sensação de bem estar e de mais energia sexual”, aponta Alessandra Feltre, nutricionista da Puravida.

A marca trabalha com suplementação para que as mulheres possam ter uma vida sexual mais saudável e excitante. Entre esses produtos está a farinha concentrada de Maca Peruana que é composta apenas pelo ingrediente. Vegana e com zero adição de ativos, ela pode ser adicionada na sopa, no feijão, no shake, no iogurte ou em demais receitas salgadas e doces, estando presente em diversos momentos do dia.

A Maca Peruana é uma raiz com origem no Peru. Ela é rica em alcalóides, flavonóides e glicosídeos, ou seja, nutrientes que contribuem para o corpo com propriedades antioxidantes. Mas não para por aí, devido suas fibras e gorduras essenciais ela também é considerada um superalimento. No quesito indicações, a Maca Peruana é usada na medicina tradicional para aumentar a disposição, energia e o vigor físico. Além disso, ela aumenta a vitalidade e a libido, e contribui para diminuir o cansaço e a fadiga.

 

Conteúdo Relacionado