fbpx

Meia 92

sábado, 24 de fevereiro de 2024

Governo Federal dá apoio a municípios do Acre atingidos por chuvas intensas

3a8569be-9c17-4f0f-a3fe-e3dfabfeac8d

Ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, prestou solidariedade e colocou equipe da Defesa Civil Nacional à disposição para a auxiliar na realização de planos de trabalho para a solicitação de recursos federais

 Uma comitiva do Governo Federal, integrada pelos ministros da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, e do Meio Ambiente, Marina Silva, foi ao Acre neste domingo (26) ver de perto a situação dos municípios do estado atingidos por chuvas intensas nos últimos dias e se colocar à disposição para apoiar as ações de resposta e de atendimento à população afetada.

No sábado (25), o Governo Federal reconheceu a situação de emergência em Rio Branco devido aos estragos causados pelas chuvas. Além da capital acreana, as cidades de Epitaciolândia, Assis Brasil e Brasiléia também foram atingidas por enxurradas e enchentes de rios e igarapés. O nível do Rio Acre subiu mais de sete metros, deixando centenas de famílias desabrigadas ou desalojadas.

“Para agilizar a assistência do Governo Federal aos municípios atingidos, nós trouxemos para Rio Branco técnicos da Defesa Civil Nacional. Eles vão auxiliar os gestores municipais a preencherem os formulários para o reconhecimento de situação de emergência ou de estado de calamidade pública. E também a realizarem os planos de trabalho para a solicitação de recursos federais para assistência humanitária, restabelecimento de vias públicas, pontes e até mesmo reconstrução das casas das pessoas atingidas pelo desastre”, destacou o ministro Waldez Góes.

A ministra Marina Silva, que é acreana, destacou o trabalho realizado pela Defesa Civil Nacional. “Quero agradecer ao ministro Waldez por ter sido amigo e ágil ao prestar serviço rapidamente enquanto os igarapés estavam aumentando o volume. Infelizmente, estamos aqui em um momento de tristeza. Estamos aqui para prestar solidariedade, mas isso não teria razão se nós estivéssemos aqui apenas para isso. Então estamos nós, do Governo Federal, por meio da Defesa Civil Nacional, ajudando em respostas o mais rápido possível”, afirmou.

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, fez questão de exaltar a agilidade na resposta feita pelo Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), por meio da Defesa Civil Nacional. “Essa agilidade me deixa muito tranquilo e com a certeza de que teremos o suporte financeiro necessário do Governo Federal para amenizar a situação da nossa população”, declarou.

Para o governador do Acre, Gladson Cameli, a união de esforços entre os municípios atingidos, o estado e a União é essencial neste momento. “O Acre, quando passa por situações inesperadas como essa, se une, independentemente de partido. É um momento de todo mundo abraçar a causa para ajudarmos à população, principalmente a mais necessitada. É impressionante como um dia de chuva causou isso tudo, então vamos buscar soluções”, afirmou.

Amazonas

No período da tarde, Waldez Góes irá a Manaus, no Amazonas, onde também houve fortes chuvas. O ministro fará uma visita aos Bairros Armando Mendes, Jorge Texeira e Nova Cidade, que estão entre os mais atingidos.

Conteúdo Relacionado