fbpx

Meia 92

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Faltando seis meses para The Town, visitantes devem se planejar para aproveitar toda a experiência mágica da Cidade da Música

the town baixa

Skyline, The One, Factory, New Dance Order, São Paulo Square, Rota 85, Market Square, The Town – O Musical e brinquedos gigantes estão entre as experiências que farão parte de todo o encanto da Cidade da Música durante os cinco dias de festival

  Venda de The Town Card acontece neste 14 de março, a partir das 19h, no site da Ticketmaster

Faltando exatos seis meses para a tão aguardada abertura de portões do novo festival de música, cultura e arte de São Paulo, e menos de duas semanas para o início da venda de ingressos do The Town Card — marcada para 14 de março, a partir das 19h, a organização chama atenção para o volume de experiências encantadoras que o público vivenciará dentro da Cidade da Música. Com inúmeros conteúdos especiais a serem explorados no Autódromo de Interlagos, o planejamento antecipado será o melhor aliado para quem curtirá os dias de magia a partir do dia 2 de setembro. Com o festival acontecendo em fins de semana e feriado, os fãs poderão chegar e sair com tranquilidade usando a linha de trem que vai até Interlagos, que funcionará 24 horas. No total, serão 12 horas por dia para viver intensamente mais de 235 horas de música que proporcionarão o sentimento único de viver o nascimento de um grande festival pela primeira vez, como aconteceu com os fãs do Rock in Rio, em 1985. Dos palcos — Skyline, The One, Factory, New Dance Order, São Paulo Square, Rota 85 — passando pelo Market Square, pelo The Town – O Musical e ainda os enormes brinquedos — Roda Gigante, Megadrop, Tirolesa e Montanha Russa — que darão o ar de encanto e parque de diversões, não faltarão opções para escolher o que fazer. Uma coisa é certa: um dia só será pouco para dar conta de tantos atrativos que vão compor a Cidade da Música nos dias 2, 3, 7, 9 e 10 de setembro de 2023 (das 14h às 2h da manhã). O tour virtual completo pelo mapa do festival pode ser acessado no site oficial do The Town.

Luis Justo, CEO da Rock World, empresa que organiza e produz o The Town e o Rock in Rio, aconselha os fãs a se planejarem para aproveitar cada momento no festival: “Vamos erguer uma verdadeira cidade que vai ocupar 360 mil metros quadrados do Autódromo de Interlagos, proporcionando experiências inesquecíveis para os fãs. Nosso conselho é que o público se planeje com antecedência, criando seu próprio guia do que fazer, e chegue cedo para aproveitar cada momento memorável neste lugar que será mágico”, lembra.

Com uma grande dimensão — 33m de altura, 95m de largura e uma boca de cena de 24m — e uma cenografia totalmente inspirada nos arranha céus de São Paulo, o palco Skyline receberá grandes nomes da música nacional e internacional, o palco mais mainstream do festival. Previsto para receber quatro shows por dia, o espaço já tem grandes nomes da música confirmados: Post Malone, Maroon 5, Ludmilla, Foo Fighters e Bruno Mars. Em breve, a organização surpreenderá o público mais uma vez ao confirmar outros nomes que vão compor o line-up do Skyline. Ainda sobre o Skyline, diariamente acontecerá uma mágica queima de fogos de artifício sincronizada, na abertura e no encerramento.

Já o The One conta com uma cenografia de tirar o fôlego, inspirada nos grandes museus de arte de São Paulo e composta por mais de 30 telões de LED, transformando o espaço em uma verdadeira experiência imersiva. O enorme palco — que tem uma dimensão grandiosa com boca de cena de 23m, apenas 1m a menos que o Skyline — promete um show à parte, trazendo a música além da música, onde a arte será integrada e provocativa. Criolo, Racionais MC’s & Orquestra de Sinfônica de Heliópolis, e Jão já estão confirmados. O palco receberá grandes nomes nacionais e também internacionais com apresentações originais e exclusivas. Em breve todo o line up será anunciado.

O Factory chega com uma cenografia inspirada nos antigos galpões das fábricas da zona industrial de São Paulo, apresentado como uma extensa rua que terá como destaque um grande palco. No total, 500 mil visitantes passarão por este espaço e poderão fazer uma reflexão sobre cultura urbana enquanto manifestação e como esta impacta cada um diariamente, seja nos guetos, viadutos, muros, edifícios, pontes e ruas da cidade. Entre os nomes que se apresentarão estão: Afrocidade, Caio Luccas, Grag Queen, Mc Don Juan, Mc Dricka, TETO, Tasha & Tracie e Urias. No Factory, cujo line-up ainda não foi todo revelado, haverá muita música e intervenções artísticas — como performances de dança, a partir do street dance; pinturas; grafites; esculturas; estátuas vivas; e outras manifestações que nasceram e ocorrem em ambientes públicos e que interagem diretamente com a população. Um palco de música, que nasce a partir de um olhar diverso que reforça expressões musicais como o rap, o trap, o hip hop, o R&B, os beats afro, o funk, o samba, o soul e muitos outros estilos que nasceram nas ruas e se consagraram pelo mundo.

Diretamente do Rock in Rio para o The Town, o New Dance Order também estará presente na Cidade da Música. O palco, dedicado à música de pista, fez sua estreia no Rock in Rio 2019. Sua proposta diferenciada estabelece a conexão entre o ser humano e a música, a partir de sensações vividas neste ambiente. Nesta narrativa totalmente futurista, a palavra da vez deste espaço é dançar. E as batidas serão as mais variadas — passando pelos gêneros house, techno, trance, bass, trap, EDM e outros beats eletrônicos. Todos preparados para envolver o público com uma energia singular.

Um palco com artistas de grande envergadura. Nomes internacionais que se juntarão a outros tantos talentos desse Brasil que produz conteúdos prontos para serem recebidos em qualquer parte do mundo. É com esta mentalidade que ganha vida a São Paulo Square, área que vem inspirada na região em que a cidade de São Paulo foi fundada, com prédios históricos e arquiteturas icônicas da metrópole. Embalados ao ritmo de muito jazz e blues, gêneros musicais que vão predominar no palco, a organização do The Town já anunciou os headliners do espaço: a contrabaixista e cantora de jazz americana Esperanza Spalding (2 e 3 de setembro); o guitarrista e pianista americano de jazz/jazz fusion Stanley Jordan (7 e 9 de setembro) e o baixista Richard Bona (10 de setembro). Mas ainda serão anunciados em breve outros nomes que completam este line-up.

Como num túnel do tempo, um dos locais mais encantadores e concorridos para cliques, selfies e totalmente “instagramável” do irmão carioca do The Town, o Rock in Rio, desembarcará diretamente na Cidade da Música — a Rota 85. O espaço é dedicado ao ano que o Rock in Rio ganhou vida, 1985, e colocou o Brasil na rota dos shows internacionais, e estará em total sinergia com o The Town, que realiza sua primeira edição este ano. A cenografia lúdica é inspirada na icônica Route 66, estrada que cruza oito estados americanos, e conta com diversos pontos de entretenimento e fotos. Entre eles, a capela que vai promover casamentos e celebrar o amor durante os dias de festival, o palco Highway Stage, além do local mais concorrido para as fotos: o marcante tênis gigante cheio de lama — símbolo do Rock in Rio de 85. Este será o cenário perfeito para registrar as melhores memórias do festival.

O The Town também contará com um espaço especial que será voltado para o melhor da gastronomia, a Market Square. O local será perfeito para aqueles que querem aproveitar o festival, mas que não abrem mão de uma experiência mais sofisticada de gastronomia. A Market Square será totalmente coberta, confortável e climatizada, com diversas mesas para sentar e esticar as pernas, e vai contar diversos quiosques de alimentação e bebidas. A organização do festival anunciará a lista dos restaurantes que estarão presentes nesta área do evento em breve.

O novo e maior festival de música, cultura e arte de São Paulo também terá o “The Town – O Musical”, ampliando a experiência do público no megaevento, que já nasce oferecendo conteúdos além da música. A produção inédita e concebida exclusivamente pelo time criativo de The Town — um “Originals” — tomará conta de um enorme Domo de 50 metros de diâmetro na Cidade da Música. Com criação de Roberto Medina, direção musical de Zé Ricardo, o festival dá vida a um novo espetáculo, que tem roteiro e direção artística de Charles Möeller. O musical contará com 30 bailarinos. No espetáculo, o público vai ver de perto a história de um músico do interior de São Paulo que, ao ver na TV o anúncio de um novo festival, decide fazer as malas e embarcar em uma jornada pessoal, cultural e artística que o leva pelos diferentes bairros, ruas e cenários da capital, explorando cada recanto e cada ritmo que compõem a diversidade cultural paulistana. Nessa jornada, o personagem será confrontado com os desafios do processo criativo para a composição de uma canção e conhecerá várias pessoas que se tornarão importantes para alcançar seu objetivo. Movido pelo sonho e pela capacidade de concretização, o músico busca chegar ao palco do maior festival de música, arte e cultura de São Paulo: The Town.

O The Town vai muito para além da música. Tudo para garantir que as 12 horas diárias de funcionamento do evento sejam de total diversão. Para isso, brinquedos gigantes e radicais estarão presentes na Cidade da Música, trazendo toda uma atmosfera mágica de parque de diversões para o local. Durante todos os dias do The Town, os fãs vão se divertir com a Roda Gigante, aproveitando a vista panorâmica da Cidade da Música; com o Megadrop e a Montanha Russa, as atrações mais emocionantes e divertidas do espaço; e com a Tirolesa, que vai passar na frente do Skyline, proporcionando uma visão privilegiada do palco.

 

Venda de The Town Card acontece no dia 14 de março e será uma operação em parceria com a Ticketmaster Brasil

O dia 14 de março de 2023 será diferente para o público que está aguardando ansiosamente pelo maior festival de música, cultura e arte que São Paulo já viu. Nesta data, a partir das 19 horas, começa a venda do The Town Card, que equivale a um ingresso de gramado, sem data, válido para um dia do evento.

Com o The Town Card, o fã já garante a sua presença no festival antes mesmo da confirmação de todas as bandas e atrações. A escolha do dia de evento a que o fã pretende ir deverá ser feita até 24 horas antes da venda oficial de ingressos. Após essa data, que ainda será divulgada, a escolha ficará condicionada à disponibilidade de ingressos.

O festival também vem com novidades na venda dos ingressos. Numa parceria inédita, os ingressos serão vendidos exclusivamente online através da Ticketmaster Brasil, e a organização convida os fãs a já se cadastrarem na nova plataforma para facilitar a compra do The Town Card no dia 14 de março.

O The Town Card custa R 770,00 a inteira e R 385,00 a meia-entrada e não há cobrança de taxa de conveniência. Por ter um estoque limitado, o limite de compra é de até 4 (quatro) ingressos por CPF, sendo no máximo uma meia-entrada. Os clientes que adquirirem meia-entrada terão que inserir no próprio site todas as informações referentes ao documento que comprove tal condição, para posterior validação, assim como será necessário apresentá-lo no acesso à Cidade da Música, no dia do evento. O pagamento poderá ser feito por cartão de crédito ou PIX. Para pagamento com cartão de crédito, o valor poderá ser parcelado em até 6 (seis) vezes sem juros. Já os clientes que efetuarem o pagamento com cartões de crédito Itaú, Credicard ou Iti poderão parcelar a compra em até 8 (oito) vezes sem juros.

Para pagamento com PIX, basta utilizar o QR Code apresentado na tela final do processo de compra e realizar o pagamento. O prazo para efetuar a compra será de 10 minutos após a geração do código QR. É importante lembrar que, por determinação do Banco Central, há um limite de valor para pagamentos realizados por PIX entre os horários de 20h e 06h.

Para quem quiser comprar, é preciso se planejar, já que durante o Rock in Rio milhares de pessoas manifestaram interesse e reservaram o direito de serem os primeiros a adquirir seus ingressos para The Town. O The Town Card é uma edição limitada e está sujeito à disponibilidade.

 

The Town já nasce gigante

Dos mesmos criadores do Rock in Rio, The Town estreia na grande metrópole no dia 2 de setembro de 2023, e segue durante os dias 3, 7, 9 e 10, no Autódromo de Interlagos, em uma área de 360 mil m2, que será totalmente renovada. O novo festival já se posiciona como um evento de grande relevância, não apenas para a capital paulista, como também para todo o Brasil e já soma mais de 400 mil seguidores em suas redes sociais, lançadas há poucos meses.

O festival confirmou uma parceria inédita com o Grupo CCR, que garante que os trens que dão acesso ao Autódromo de Interlagos funcionem 24h nos dias de festival. “A experiência do público vai muito além do que ele vive dentro da Cidade do Rock e, agora, dentro da Cidade da Música. Nós nos preocupamos com essa experiência o tempo todo e isso inclui, entre muitos outros detalhes a serem cuidados, quando, no dia do festival, o fã sai de casa em direção à venue. Já endereçamos essa preocupação desde o começo, quando agendamos The Town para acontecer no final de semana ou feriado, de modo a impactar menos o trânsito da cidade. Anunciamos essa parceria inédita que vai permitir que os fãs possam chegar e sair do festival com maior tranquilidade, sabendo que poderão contar com o transporte público do trem durante 24h”, afirma Roberta Medina, CBRO da Rock World.

A primeira edição do novo megaevento já ganhou duas músicas-tema, gravadas nas vozes de Iza e Criolo. A primeira, considerada o grande hino do evento, tem interpretação de Iza, com a participação do baterista da banda Sepultura, Eloy Casagrande, e de uma orquestra comandada pelo maestro Eduardo Souto Neto. Já a segunda, um trap em homenagem à arte e cultura da capital, foi gravada pelo rapper Criolo em uma colaboração inédita com Iza e o diretor artístico Zé Ricardo. Ambos os cantores estão confirmados no line-up do festival.

Com previsão para receber cerca de 500 mil pessoas em mais de 235 horas de música, a Cidade da Música contará com seis palcos, onde o público poderá imergir em novas e inesquecíveis experiências. Com cenografia inspirada em ícones da arquitetura paulistana e apresentando uma diversidade única de ritmo e união de tribos, The Town chega a São Paulo com apoio, força e empoderamento de gente grande. De acordo com uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas, está previsto um impacto econômico de R$1.7 bilhão, o maior já visto na capital, além de gerar mais de 19 mil empregos diretos.

 

 

Conteúdo Relacionado