fbpx

Meia 92

sexta-feira, 1 de março de 2024

Conheça os diferentes tipos de mel, de acordo com a Baldoni

mel-crianas-indicacao-600x337-8c000c20

Além de muito saboroso, o mel é um alimento saudável e nutritivo. Ele é a melhor companhia para a banana com aveia do café da manhã, o chazinho de limão da vovó contra um resfriado, e também é um ingrediente versátil, que combina com muitos outros. Um dos alimentos mais antigos consumidos no mundo, seu uso vai além da culinária. Contudo, o que poucos sabem, é que existem vários tipos de mel.

É importante compreender como o mel é produzido. As abelhas operárias buscam o néctar das flores nas vegetações próximas à colmeia. O néctar então é processado pelas enzimas digestivas dos insetos e armazenado nos favos para servir de alimento ao próprio enxame. “O tipo de néctar recolhido faz diferença na cor, aroma, sabor e até no maior ou menor tempo que o mel leva para cristalizar”, explica Daniel Cavalcante, doutor em Tecnologia de Alimentos e CEO da Baldoni, marca reconhecida como o melhor mel do Brasil.

Daniel cita como exemplo o mel de Flor de Eucalipto e o de Flor de Cipó-uva. “Dá para ver a diferença já na aparência. O de Flor de Eucalipto tem cor escura e sabor bem marcante. Por isso é muito consumido em bebidas quentes, como chás, pois acrescenta um sabor que pode ser facilmente percebido. Já o de Flor de Cipó-uva é clarinho, tem um sabor bem suave. Fica ótimo sobre frutas frescas e sobremesas”, comenta.

A Baldoni, empresa 100% brasileira e premiada internacionalmente, possui a linha mais completa de méis do mercado, extraídos do néctar de várias flores. Conheça as diferenças entre a linha de mel da Baldoni e saiba qual é o melhor para sua receita.

Mel de Flor de Laranjeira: Tem a cor bem amarelinha e é muito aromático. É o mel preferido de chefs de todo o mundo e pode ser incluído em receitas doces e salgadas.

Mel de flor de Assa-Peixe: É um mel mais raro, com poucas floradas durante o ano, que vai agradar os grandes apreciadores de mel. Tem coloração média e é bem transparente. Na Baldoni, o período da colheita é escolhido de forma estratégica, visando manter a umidade em 17,5%. Por isso, a marca o embala como Mel Baldoni Gold. Fica ótimo acompanhando tábuas de queijos finos e harmoniza muito bem com vinhos.

Mel Cipó-Uva: O mel perfeito para estar na lancheira das crianças é o de flores de cipó-uva! Suas principais características são a coloração clara e suavidade. É ideal para ser consumido puro ou para ser harmonizado com frutas.

Mel de Flores de Eucalipto: E para aquele chá para dor de garganta, qual o mel mais recomendado? O de flores de eucalipto! Um mel com sabor marcante e nutritivo, ideal para adoçar bebidas quentes.

Mel de Flores Silvestres: Também conhecido como mel de “flores do campo”, não é feito com apenas uma, mas com o néctar de vários tipos de flores. Na Baldoni, este mel é feito a partir de flores nativas da Mata Atlântica. O resultado? Um mel mais escuro e viscoso, que é o mais versátil entre todos os tipos de mel disponíveis no mercado.

Conteúdo Relacionado