fbpx

Meia 92

segunda-feira, 24 de junho de 2024

Após euforia do público e quebra de recordes, The Town anuncia segunda apresentação de Bruno Mars

Bruno Mars Approved Press Image (1) (1)

Festival traz ainda Kim Petras, primeira mulher trans a ganhar um Grammy de melhor performance pop solo ou grupo, no line-up do Skyline no dia 10 de setembro — mesma data que Bruno Mars também será a atração principal –, e a cantora Angélique Kidjo estará no palco The One, no dia 7 de setembro

No dia 2 de fevereiro, o The Town “quebrou a internet” com o anúncio do astro Bruno Mars como o headliner do dia 10 de setembro. Após a grande empolgação do público com o artista e as quebras de recordes de acessos no site e nas redes sociais que vieram logo depois do anúncio, o festival atende o pedido dos fãs e anuncia a dobradinha de Bruno Mars na sua primeira edição, também como a principal atração do Skyline no dia 3 de setembro. O artista, dono de hits como “Leave The Door Open”, “24K Magic” e “That ‘s What I Like”, é o mais desejado e aguardado pelos fãs de The Town e Rock in Rio nas redes sociais de ambos os festivais. Cantor, compositor, produtor musical e multi-instrumentista americano, nascido e criado no estado do Havaí, Bruno Mars chega no The Town para dois super shows exclusivos no Brasil, que serão memoráveis. Os fãs que querem garantir um lugar na primeira edição do maior festival de música, cultura e arte de São Paulo também já podem se organizar para as vendas gerais, que serão abertas no dia 18 de abril, às 19h, no site da Ticketmaster.

Outra novidade do line-up é o atual fenômeno do pop, Kim Petras, que se apresenta no Skyline, no dia 10 de setembro. A cantora e compositora alemã tem se destacado nas paradas musicais do mundo todo. Em 2022, Petras lançou o hit “Unholy”, em parceria com Sam Smith. A faixa tornou-se viral no TikTok e alcançou o primeiro lugar em vários países após o lançamento. Logo depois, a música conquistou a primeira posição da Billboard Hot 100, fazendo de Kim Petras a primeira mulher abertamente transgênero na história a ter um número um na parada. O sucesso também lhe rendeu o Grammy Awards de Melhor Performance Pop Duo/Grupo.

 Confirmada no palco The One, para o dia 7 de setembro, Angélique Kidjo é uma das maiores artistas da música internacional hoje com uma força criativa que já resultou em dezesseis álbuns em seu nome. A artista criou suas próprias versões de “Summertime”, de George Gershwin e eternizada em vozes como Janis Joplin e pelo violão de Rosinha de Valença, “Voodoo Child’s”, de Jimi Hendrix e “Gimme Shelter”, dos Rolling Stones. Entre seus hits estão “Agolo”, “Ayé” e “Batonga”. Quatro vezes vencedora do Grammy Awards, Kidjo fez uma apresentação histórica no Rock in Rio de 2015 e foi o grande destaque de encontro de músicos africanos no festival.

 O planejamento será o maior aliado de quem deseja fazer parte da história e dado o sucesso do The Town Card, a organização recomenda que os fãs antecipem seu cadastro na plataforma da Ticketmaster, onde acontecerá a venda de ingressos do festival. No último dia 14, a Rock World, empresa responsável pelo The Town e Rock in Rio, teve a real confirmação do desejo do público de ter um festival de grande magnitude na capital ao vender, pela Ticketmaster, 150 mil The Town Card — que equivale a um ingresso de gramado, sem data pré-definida e válido para um dia do evento. O número traduz o sucesso absoluto e a relevância que este evento já tem para o país. Pelo número médio de venda de ingressos para shows em São Paulo, cada pessoa compra em média 2,4 tickets. Levando isso em conta e baseado no número de pessoas que ainda estavam na fila após o encerramento da venda, o The Town Card teve um potencial de comercialização de um milhão de ingressos somente neste primeiro momento. Ou seja, dois The Town completos em termos de volume de público. Isso posiciona o festival como um dos maiores eventos da história no país, logo atrás do Rock in Rio. Os ingressos do The Town Card esgotaram em pouco mais de três horas e pessoas de absolutamente todos os Estados adquiriram bilhetes. Depois dos paulistas, os cariocas foram os que mais compraram, seguidos pelos mineiros. E o público ainda terá uma nova oportunidade de fazer parte desta experiência memorável com a venda geral marcada para o dia 18 de abril, às 19h, com exclusividade no site da Ticketmaster.

 O festival já tem como artistas confirmados, Post Malone, Maroon 5, Foo Fighters, Bruno Mars, Alok, Ludmilla, Garbage, Iza, Racionais & Orquestra Sinfônica Heliópolis, Criolo, Orochi, Luísa Sonza, NE-YO, Maria Rita, Wet Leg, Jão, Ney Matogrosso, entre outros. The Town acontece no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, nos dias 2, 3, 7, 9 e 10 de setembro de 2023.

 Primeiro anúncio de Bruno Mars quebrou recordes nas plataformas digitais

 Quando The Town publicou um teaser nas redes sociais em 2 de fevereiro, mesmo sem ter anunciado o artista, o termo “Bruno Mars” já estava nos trending topics do Twitter com o público apostando no cantor como a atração que logo seria divulgada. Minutos após a confirmação, o festival se deparou com uma chuva de interações nas plataformas, com “Bruno Mars” conquistando o primeiro lugar nos trending topics do Twitter em apenas nove minutos e, “The Town”, sendo o quinto termo mais citado pelos usuários.

Já no site do festival, o resultado também impressiona. Se no Rock in Rio 2022 os resultados do anúncio do cantor Justin Bieber já haviam sido um sucesso avassalador, os números de Bruno Mars deixaram a organização ainda mais feliz: o site de The Town recebeu 138% de acessos a mais que o fenômeno Justin Bieber no Rock in Rio. No Google, as buscas por “Bruno Mars” também tiveram um enorme pico nas horas seguintes da divulgação.

Sobre Bruno Mars

 

Quatorze vezes vencedor do Grammy Awards e trinta vezes indicado a premiação, Bruno Mars é um cantor, compositor, produtor e músico celebrado que já vendeu mais de 200 milhões de singles em todo o mundo, tornando-o um dos artistas mais vendidos de todos os tempos. Recentemente, Mars aceitou o prêmio de Álbum do Ano, em nome da dupla An Evening with Silk Sonic durante o BET Awards de 2022. Anteriormente conquistando o 64º Grammy Awards, a super dupla levou para casa quatro prêmios, incluindo Gravação do Ano com “Leave The Door Open”, Canção do Ano com “Leave The Door Open”, Melhor Performance de R&B com “Leave The Door Open” e Melhor Canção de R&B com “Leave The Door Open”. Todas essas premiações vieram depois que a canção “Leave The Door Open” se tornou a 17ª música de Bruno a alcançar o status Multi-Platinum. A 64ª vitória anual de Mars no Grammy, como Gravação do Ano, faz dele apenas o segundo artista na história do Grammy a vencer a categoria três vezes, seguindo Simon e Garfunkel. A aclamada pela crítica, “Leave The Door Open”, de Bruno, subiu do 3º para o 1º lugar na Billboard Hot 100, tornando-se seu oitavo número 1. Ele se tornou um dos 18 artistas na história do Hot 100 a conquistar essa posição.

 

”24K Magic” marcou sua estreia com as vendas mais altas na primeira semana, permanecendo no Top 10 da Billboard 200 por impressionantes 44 semanas consecutivas. O primeiro hit single “24K Magic” é certificado quatro vezes platina pela RIAA (Recording Industry Association of America certification) e o sucesso seguinte, “That ‘s What I Like” recebeu seis vezes o certificado de platina. “That ‘s What I Like” também alcançou o primeiro lugar na Billboard Hot 100, marcando o sétimo lugar no topo das paradas da Hot 100 e seu primeiro número 1 no chart Hot R&B Songs, onde permaneceu no primeiro lugar por 19 semanas consecutivas. Sua grande colaboração com Cardi B, “Finesse”, disparou para a posição # 3 na Billboard Hot 100. A faixa subiu nas paradas desde sua estreia em # 35 e seguiu “Black or White” de Michael Jackson como o segundo salto de # 35 para # 3 na história do Hot 100. O remix também marcou o décimo quinto Hot 100 top 10 de Mars e o décimo quarto Hot 100 top 5. Além disso, Bruno Mars se tornou o primeiro homem e o terceiro artista geral a ter pelo menos três top 5 Hot 100 hits em cada um de seus três primeiros álbuns, seguindo apenas Mariah Carey e Beyoncé.

 

Bruno também é o primeiro artista a ter duas músicas passando 24 ou mais semanas no Top 5 do Hot 100 “That’s What I Like” e “Uptown Funk”. Tornando-o o único artista a ter um single de platina quatro e seis vezes do mesmo álbum. Honrosamente, Mars é um dos poucos artistas que escreveu e produziu todos os seus sucessos nº 1 e teve uma música nº 1 no Hot 100 de cada um de seus três primeiros álbuns de estúdio. Com sete canções número 1 no Hot 100, Mars foi classificado como primeiro entre os artistas masculinos com o maior número 1, no chart Hot 100, nesta década, estendendo sua liderança sobre Justin Bieber, Drake, Eminem e The Weeknd. Mars viajou pelo mundo de 2017 a 2018 em uma massiva turnê “24K Magic World”, que vendeu mais de 1 milhão de ingressos em um único dia. Em 2015, Bruno dominou as paradas musicais com o single de sucesso “Uptown Funk”, levando para casa três prêmios Grammy, incluindo Gravação do Ano.

 Sobre Kim Petras

RAMMY, sensação pop internacional e compositora aclamada pela crítica, Kim Petras ganhou recentemente seu primeiro prêmio GRAMMY de Melhor Performance de Grupo Pop/Duo por seu sucesso de platina que conquistou #1 global com Sam Smith, “Unholy”. A apresentação ao lado de Sam no Grammy foi eleita uma das melhores performances da noite. “Unholy” disparou para o primeiro lugar na Billboard Hot 100, Billboard Global 200 Chart, Spotify e Apple Music charts mundiais, e o UK Official Singles Chart, bem como o Mediabase Top 40 airplay chart. A música se tornou uma das principais estreias pop de 2022, marcou o primeiro #1 da carreira de Kim, além de ter conquistado uma entrada histórica na parada LGBTQ + e no GRAMMY: Kim e Sam se tornaram os primeiros artista solo abertamente transgênero e não-binário, respectivamente, que chegaram ao primeiro lugar na Billboard Hot 100 e levaram um GRAMMY na categoria de Melhor Performance Pop de Duo/Grupo. Depois de fazer o Saturday Night Live e se apresentar no BRIT Awards, Kim foi homenageada com o Billboard Women In Music Chartbreaker Award e o Variety Hitmakers ‘Innovator of the Year’ Award ao lado de Sam. Ela lançou seu mais recente single “brrr”, que apresentou no Late Night with Seth Meyers ao lado de sua primeira entrevista noturna, seguida por sua participação no remix oficial do hit viral de Meghan Trainor, “Made You Look”. O single anterior “If Jesus Was A Rockstar” mostrou Kim refletindo sobre como encontrar seu próprio relacionamento com a espiritualidade depois de não se sentir bem-vinda pela instituição da religião.

 Kim Petras tornou-se um dos talentos mais comentados da música, autoproclamando uma carreira massivamente dinâmica com uma série de singles e projetos aclamados pela crítica, mais de um bilhão de streams globais, turnês esgotadas na América do Norte e Europa, além de colecionar elogios das principais publicações e agências de opinião em todo o mundo. Depois de anos triunfando como uma artista totalmente independente com seu magnetismo maior do que a vida, Petras assinou contrato com a Republic Records / Amigo Records e iniciou uma nova era que trouxe seu single viral “Coconuts”, de seu EP Slut Pop. Kim imediatamente fez sucesso com seu single “I Don’t Want It At All” (um hit número 1 no Global Viral 50 Chart do Spotify) e “Heart to Break”, que logo se tornou seu primeiro sucesso no Top 40. Seu projeto de 2019, “Clarity”, apresentava o single principal “Icy”. Seu projeto com tema de Halloween, “TURN OFF THE LIGHT”, incluiu as faixas de destaque “There Will Be Blood” e “Close Your Eyes” e foi seguido por seu hit de verão de 2020 “Malibu”. À medida que a aclamação de Petras aumentava, ela fez inúmeras aparições na TV nacional, chamou a atenção global durante sua estreia no Met Gala e colaborou com artistas como Charli XCX, Kygo, Cheat Codes, Madison Beer e K/DA. Ela também foi selecionada pessoalmente por Ariana Grande para aparecer na trilha sonora de Charlie’s Angels.

 Sobre Angélique Kidjo

 Quatro vezes vencedora do Grammy, Angélique Kidjo é uma das maiores artistas da música internacional hoje, uma força criativa com quatorze álbuns em seu nome. A Time Magazine a chamou de “primeira diva da África” e a nomeou uma das pessoas mais influentes no mundo em 2021. A BBC, Forbes e The Guardian destacaram sua importância para o povo do continente africano. Vencedora de diversas premiações, ela já conquistou o Crystal Award 2015, concedido pelo Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, o Prêmio Embaixador da Consciência da Anistia Internacional, de 2016, e o Prêmio Alemão de Sustentabilidade 2018.

 Como performer, sua voz marcante, presença de palco e fluência em múltiplas culturas e idiomas conquistaram o respeito de seus colegas e expandiram seus seguidores para além de suas fronteiras. Kidjo polinizou as tradições da África Ocidental de sua infância em Benin com elementos de R&B, funk e jazz americanos, além de influências da Europa e América Latina.

 Angelique também advoga em nome das crianças como Embaixadora da UNICEF e da OXFAM. Ela criou sua própria fundação de caridade, Batonga, dedicada a apoiar a educação de meninas na África.

 

Conteúdo Relacionado