fbpx

Meia 92

sexta-feira, 1 de março de 2024

VIDA BILÍNGUE – Preciso melhorar no idioma, mas não tenho tempo pra estudar…

ingles

Aaaahhhhhh, será mesmo??? Mas quem nunca, né? Essa vida louca, corrida, altas demandas, a vida nos engolindo todos os dias… e assim o tempo passa e estamos, via de regra, sentindo que apesar de tantas atividades não estamos conseguindo fechar ciclos, atingir metas, concluir cursos.

Bem-vindo ou bem-vinda ao clube se o seu caso se encaixa nessa realidade. E é engraçado como somos seres tão paradoxos. Antigamente, quando eu estudava, a gente ia pro curso de idiomas e na sala de aula era a turma, o professor, o projetor e mais nada. Duas semanas depois de concluído o capítulo estudado, a gente recebia um calhamaço de exercícios pra fazer. E só. O resto era luta! Ou seja, além dos exercícios de papel, a gente não tinha quase mais nada pra enriquecer os estudos. Um texto aqui pra ler, às vezes alguém falando alguma coisa em inglês na TV e só. No meu caso, o que eu fazia? Criava! Falava sozinha, lia textos em voz alta, escrevia perguntas e respostas no caderno, memorizava vocabulário, lia tabelas de verbos, coisas do tipo.

Hoje os recursos são (literalmente) infinitos. Curso, aula, professor, livro,  exercícios, sites, vídeos, redes sociais, chat com pessoas de qualquer lugar do mundo, áudios, filmes, áudio livros, aplicativos, tudo na palma da mão pra acessar, pois além do laptop e do tablet, o celular nos abre mil possibilidades. No entanto, é sempre assim, a semana passa e o contato com a língua se resume à sala de aula. E só!

Nesta coluna eu vou (tentar!) deixar algumas dicas pra você que está estudando um idioma, seja inglês, espanhol, qualquer um. Mas neste processo é necessário que você seja CCP: consciente, comprometido e paciente. Consciente de que progredir num idioma é um processo e não um milagre. Comprometido com a sua meta. E paciente para alcançar a meta passo a passo, respeitando o caminho do jeito que tem que ser. Se você não quer seguir essa estrada, tem outra: comprar uma passagem só de ida pra um país da língua nativa que você estuda e ficar por lá (focando na língua, claro!).

Antes das dicas, um lembrete: a sua semana tem 168 horas. Pense que tirar 15, 20 ou 30 minutos por dia pra rever conteúdo, 4 dias por semana talvez seja bem possível, bastando organizar as atividades do dia  em uma agenda. Esse caminho pode funcionar bem.

Vamos às dicas. São simples, mas podem ajudar bastante.

  • Leia um texto pequeno, adequado ao seu nível, pode ser um texto já estudado nas aulas. Tem um site chamado News in Levels, pra quem estuda inglês, que é bem bacana. Eles postam a mesma notícia em 3 níveis: básico, intermediário e avançado. Tem áudio pra ajudar. Tenta lá!
  • Assista a um vídeo pequeno, dois, três minutos. Na internet você pode encontrar assuntos dos mais variados. Tente acessar pequenos vídeos com notícias da CNN ou BBC. Tem muita coisa nesses sites.
  • Faça um exercício de gramática para revisar conteúdo. Há vários que você pode fazer online mesmo.
  • Revise o último capítulo estudado no seu curso.
  • Crie perguntas e responda-as. Isso eu adoro!!!
  • Escreva sua rotina no presente, no passado, no futuro. Ou escreva o que quiser, mas não precisa ser um livro. Seja simples. E criativo. Invente uma conversa com seu amigo (até o imaginário, se tiver). Eu às vezes faço uns textinhos em espanhol (sim, estudo espanhol) e mando pra minha irmã, que é fluente na língua. Funciona como treinamento
  • Baixe aplicativos. Tem vários, mas cuidado pra não encher seu celular de aplicativos e se perder. Baixe um e use-o. O Duolingo é bem legal, muita gente treina com ele. Não vai te deixar fluente, mas vai manter seu cérebro ativo no idioma e te ensinar muita coisa legal.
  • Ouça um pequeno áudio. Na internet você encontra muita coisa para o seu nível. Tente transcrever. Iteraja!

Lembre-se: quanto mais contato, mais domínio.

Em breve, o idioma que você estuda será algo muito natural no seu cérebro, você nem vai notar que chegou lá. Mas chegou!

 

Se você tem mais alguma dica bacana pra estudar idiomas no dia a dia, comente aqui!

 

 

 

Denise Domingues é jornalista, graduada em História

e atua como English teacher desde 2005.

Está no mercado como profissional independente desde 2011.

@teacher_domingues_denise

Conteúdo Relacionado