fbpx

Meia 92

terça-feira, 25 de junho de 2024

Com mais de 7,9 mil postos de trabalho temporário, indústria do chocolate movimenta a Páscoa 2023

crop-hands-opening-chocolate-egg

Principal data comemorativa do setor beneficia aqueles que buscam oportunidade profissional no mercado de trabalho.

Segundo mapeamento realizado pela consultoria KPMG, encomendado pela Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab), a data sazonal gerou 7,9 mil vagas de trabalho temporário. A pesquisa representa os dados dos associados e ressalta que esses empregos diretos e indiretos — que correspondem aos novos trabalhadores contratados para atuar nas fábricas e pontos de venda, respectivamente — começam a movimentar a indústria com antecedência para atender à demanda do período da Páscoa de 2023.
A data, além de ser bastante aguardada pelos fãs de chocolate, também é visada por aqueles que buscam oportunidades de trabalho. Uma vez que a indústria responsável pela fabricação dos produtos sazonais requer uma produção dedicada, parte da população vai ao encontro dessas vagas temporárias, para atender a demanda do mercado.
Segundo Ubiracy Fonsêca, presidente da Associação, a Páscoa é a principal data para o setor de chocolates e um bom momento para o mercado de trabalho como um todo. “Além de contribuir com a economia de forma geral, ao abrir as vagas temporárias, o segmento dá a chance para muitos terem sua primeira experiência profissional e oportunidade de efetivação, abrindo a porta para o mercado de trabalho”, destaca.

Para as indústrias, o período em questão é mais uma oportunidade de reforçarem e atualizarem seus catálogos de acordo com as tendências do setor. “As mudanças na forma em que o brasileiro consome chocolate fez com que a indústria se moldasse ao longo dos anos em uma transformação contínua. Seja criando produtos ou adaptando os existentes, o setor está sempre atento e pronto para atender a demanda do mercado da melhor maneira possível”, finaliza o presidente.

Conteúdo Relacionado