fbpx

Meia 92

sábado, 2 de março de 2024

Ministério das Comunicações e Telebras disponibilizam internet banda larga para Terra Yanomami

reuters-yanomami-coronavirus-1500-02072020111153773

O Ministério das Comunicações (MCom), por meio da Telebras, vai ativar sinal de internet banda larga na Reserva Indígena Yanomami, localizada em Roraima. O acesso se dará por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC). O objetivo é atender a população local e auxiliar as equipes humanitárias que estão prestando serviços na região. A pasta ainda estuda a instalação de pontos fixos de internet na região.

“Hoje temos a possibilidade de levar, de imediato, 15 pontos de internet para aquela localidade. Isso equivale a mais do que o dobro do que já temos instalado atualmente em terras Yanomami. O nosso objetivo é garantir que o atendimento à população seja feito da melhor forma possível, além de possibilitar uma comunicação dos médicos e equipes humanitárias com o restante do mundo para que a situação seja superada o quanto antes”, afirma o ministro Juscelino Filho.

Foto de menina indígena desnutrida alerta para abandono dos YanomamiNos últimos dias, o Governo Federal já viabilizou mais de mil atendimentos emergenciais ao povo indígena Yanomami. Desde o último dia 20 uma força-tarefa federal atua na região, após decreto da Presidência da República, instituindo o Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento à Desassistência Sanitária no território Yanomami, e portaria do Ministério da Saúde, declarando emergência em Saúde Pública diante da necessidade de ação imediata frente à crise humanitária enfrentada em Roraima.

Além disso, na terça-feira (24), em Boa Vista (RR), começou a estruturação do Hospital de Campanha da Aeronáutica, com foco em auxiliar os mais de 700 pacientes que estão na Casa de Apoio à Saúde Indígena (CASAI) Yanomami.

ENFRENTAMENTO — No sábado (21), o presidente Lula visitou a CASAI Yanomami e determinou que ministros de diversas áreas adotem uma série de medidas de enfrentamento à grave crise dos povos que vivem no território indígena. A Terra hoje tem mais de 30 mil habitantes.

Conteúdo Relacionado