fbpx

Meia 92

sábado, 24 de fevereiro de 2024

Feira do Livro de Guadalajara gera mais de USD 800 mil em novos negócios

Book in library with open textbook,education learning concept

Durante a 36ª Feira Internacional do Livro de Guadalajara (FIL), que este ano aconteceu entre os dias 26 de novembro e 4 de dezembro, foram prospectados USD 800 mil pelas editoras participantes do Brazilian Publishers — projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil).

 

A participação brasileira neste ano foi promovida pelo programa em parceria com a Embaixada do Brasil no México, que garantiu a presença dos autores Nara Vidal, Giovana Madalosso e Raphael Montes. Também fizeram parte da delegação nove editoras: Girassol, Cedic International Inc., Callis, University of São Paulo Press — Edusp, Global Editora, Mil Caramiolas, Évora Editora, Editora Imeph e Ciranda Cultural.

 

Para Vitor Tavares, presidente da CBL, a presença tanto de grandes editoras quanto de autores brasileiros renomados em Guadalajara atesta a importância do evento: “A Feira do Livro de Guadalajara atrai não apenas uma grande visibilidade na América Latina, como também no resto do mundo. Ter o projeto Brazilian Publishers nos representando no evento foi fundamental para que as empresas participantes conseguissem prospectar um resultado tão positivo”, afirma.

 

Alguns dos destaques da programação brasileira na FIL 2022 incluíram uma mesa com o autor Raphael Montes e o lançamento da versão mexicana do livro “Sorte”, escrito por Nara Vidal. A nova edição sai pela Textofilia, editora ganhadora da categoria Livro Brasileiro Publicado no Exterior da 64ª edição do Prêmio Jabuti, que aconteceu em novembro, pela edição de “Torto Arado”, de Itamar Vieira Junior.

 

Giovana Madalosso falou sobre o lançamento da versão em espanhol de seu livro Suíte Tokio (Todavia, 2020), publicado pela Tusquets, selo de ficção literária do Grupo Planeta. Os autores brasileiros participaram, ainda, do Destinação Brasil, um espaço em parceria com a feira que tem como foco promover a literatura brasileira no mercado editorial global, e que já contou com a participação de mais de 80 autores brasileiros renomados ao longo dos 10 anos de existência do projeto.

 

Ainda no espaço brasileiro da feira aconteceu o Caipirinha Hour, evento de networking que reuniu cerca de 150 empresários brasileiros e internacionais para se conhecerem em clima descontraído de happy hour. Antes de retornarem para casa, os participantes brasileiros, entre autores e profissionais do mercado literário, participaram de um jantar oferecido pela Embaixada do Brasil no México.

 

“O resultado obtido em Guadalajara prova o valor da literatura brasileira ao redor do mundo”, afirma Fernanda Dantas, gerente de relações internacionais da CBL. “Para se ter uma ideia, as editoras participantes realizaram 137 contatos comerciais com 14 países diferentes durante o evento. Essa edição fechou o ano com chave de ouro, e já estamos ansiosos para apresentar e representar o mercado editorial brasileiro nas próximas feiras”, conclui.

 

Sobre o Brazilian Publishers

 Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.

Conteúdo Relacionado